Melissa

Busca

Opções do Menu

Idioma

BR

Conteúdo

Vitorino Campos

Eu analiso o dia a dia. As pessoas. Isso faz com que as coleções sejam despertadas dentro de mim.

Em passos curtos, dedos lentos. Vitorino Campos não tem pressa. Observa o mundo com a mesma urgência que a água passa pelo filtro do café. Esmiúça o seu redor. Costura a rotina ponto a ponto.

Para Vitorino, a moda é passatempo.

Melissa + Vitorino Campos é uma releitura de peças do estilista no plástico. Parte de um universo delicado. Mas busca transitar entre diferentes mundos.

Eu vi o desejo de mulheres opostas. De estilos diferentes uma das outras. A coleção traça uma linha de desejo nas pessoas que independe do estilo delas, do que elas fazem.

Como Pupila, a icônica bolsa do estilista que ganhou versão no plástico.

Seu tamanho e cores fazem dela a parceira perfeita para o trabalho, pro jantar, pra festa. E seu interior térmico permite que você use ela como lancheira. Uma companheira inseparável.

Essa multiplicidade faz com que a Pupila seja associada a vários estilos, várias personalidades.

Assistir

O olhar aguçado de Vitorino Campos lhe rendeu a alcunha de um dos maiores estilistas da sua geração. A pouca idade não limita o currículo do designer que aos dezesseis foi emancipado para abrir a sua primeira loja. E que hoje, além de assinar a própria marca, também dá vida aos recortes da Animale.

Uma conversa com o estilista baiano faz entender que a moda, na verdade, é que faz escolhas. O adotou muito antes de ele ter consciência que essa escolha já havia sido feita por ele.

Por isso Vitorino mantém um olhar fixo. Focado na inspiração e expiração, yin e yang. O velho e o novo.

O clássico modelo Flox ganhou um reshape inédito. Já o Seduction traz a assinatura de Vitorino em seus detalhes de costura.

Eu fui conhecer o processo de produção da Melissa. É um trabalho muito minucioso, extremamente amoroso.

Vitorino ouviu o som das máquinas. E escutou violinos.