Melissa

Busca

Opções do Menu

Idioma

BR

Conteúdo

Karl Lagerfeld

Sou uma pessoa muito pé no chão.
Mas não no chão desse planeta.

Karl sempre ousou.

No início da carreira, produzia peças que causavam furor — nem sempre no bom sentido. Entre as décadas de 50 e 60, muitas de suas coleções foram recebidas de forma polêmica pela imprensa.

Repórteres escreviam sobre saias muito curtas. Questionavam decotes muito profundos. Casos de editores de famosas revistas deixando o desfile para trás foram descritos.

Tal qual um conto de fadas, sua história começa com tom pessimista.

Mas hoje, assim como os personagens das fábulas povoam o imaginário infantil, Karl povoa o dos apaixonados por moda.

Fendi, Balmain, Chloé. Essas são algumas das marcas para as quais o designer celebrado mundialmente já assinou. Hoje é diretor criativo de uma das maiores grifes do mundo, a Chanel.

Cabelos metodicamente penteados para trás. Olhos sempre escondidos por trás de óculos escuros. Impecáveis colarinhos brancos.

Com um visual imaculado, Karl expressa a sua personalidade. E prova ser o sucessor perfeito para os cortes refinados de Coco Chanel.

Moda é uma linguagem que se cria nas roupas para poder interpretar a realidade

Mesmo acreditando na moda como uma extensão do real, Karl vê na arte o incentivo para as suas criações. Nas últimas décadas se dedicou à fotografia, e hoje usa suas habilidades com a câmera para aperfeiçoar seu trabalho.

Ao lado da sua musa Cara Delevingne, ele fotografou a campanha da nossa primeira coleção com a Fashion House Karl Lagerfeld.

O contraste da icônica Maison com a personalidade divertida de Cara é a combinação perfeita para a Melissa.

Os modelos brincam com detalhes lúdicos que tem tudo a ver com a gente.

Sob as lentes do designer, a imagem extrovertida de Cara personifica a Melissa em um arranjo único de elegância, diversão e estilo.