Melissa

Pesquisar

Opções do Menu

Idioma

BR

Conteúdo

Mais do que um meio de transporte, um lifestyle. 

Pedalar é traçar rotas abertas que permitem surpresas, a sorte, o improviso - apesar do destino. Quem anda sobre duas rodas tem tempo pra aceitar a sugestão de um cartaz, conversar com desconhecidos, entrar na rua errada, tomar um café passado na hora, se perder por aí.

Foi pensando nisso que criamos a Melissa Bike: nossa primeira bicicleta.

Uma novidade com design vintage, cor exclusiva e uma cestinha multiuso que chega pra propor uma nova forma de conviver com a cidade.
Em meio ao caos urbano, a bike é um desvio. Não só da lentidão do trânsito, mas das relações pouco afetivas que construímos no espaço público. O pedal permite interações mais profundas e frequentes. Nos faz ganhar intimidade com a geografia.
Da Gávea ao Leme. Da Lapa à Cinelândia. Da Lagoa ao Arpoador.
Em um tour pelo Rio de Janeiro, a gente te mostra como perceber distâncias, histórias e caminhos de um jeito diferente. Pra percorrer a cidade, convidamos ciclistas experientes que, cariocas ou não, tem o Rio como casa e a bicicleta como prioridade.
Com a viajante Caro, o passeio é clássico, pela orla - e promete fotos pra vida toda. Já com a Bruna, a praia dá lugar à floresta, aos jardins, cachoeiras. O Joy nos leva pra um rolê na zona norte - e o Dioclau, pra zona sul.  Com o João, a gente se aventura em um percurso mais esportivo. E termina o dia com muita música e arte ao lado da Mari, da Laís e da Bruna.
A viajante
Caro Pierro é designer de Pi Bags - marca de acessórios pra jogues e ciclistas feitos em tecido -, mas também já foi bike jornalista, levando as histórias das cidades onde morou pra jornais argentinos.

Natural de Buenos Aires e morando no Rio há cinco anos, ela pedala desde sempre. Pra Caro, conhecer uma cidade de bike é, na verdade, reconhecê-la: em um movimento de dentro pra fora, com autonomia.
Ao lado dela, traçamos uma rota sem clichês pra fazer os pontos mais famosos da cidade em apenas um dia.
As minas da bike
Mari é designer, ciclista e apaixonada por café. Laís fez intercâmbio na Holanda e de lá trouxe o hábito da bicicleta pro Rio, onde mora em um coliving com mais oito pessoas e trabalha em uma galeria de arte. A Bruna se afeiçoou pela bike há alguns anos e hoje monta e desmonta a sua sozinha.

As três meninas cursaram a mesma faculdade, moram relativamente perto, tem outros amigos em comum. Mas foi com a bike que a aproximação veio de verdade. Indo e vindo sempre juntas dos lugares, o pedal se tornou uma filosofia de vida.
Com elas, traçamos uma rota que pode começar no fim da tarde ou às três da manhã. Pra contemplar o nascer do sol e aproveitar aquele horário em, na cidade, só tem ciclista.
O cicloativista
O Dioclau corre a cidade com a Banano Bike, um projeto de mobilidade sonora que já reuniu mais de 40 mil pessoas ao redor de um triciclo durante o carnaval.

Nascido no Pará, foi no Rio que se encantou com o rolê dos ambulantes e os micro empreendimentos que levavam nos seus triciclos. Pra ele, a bike nos leva mais longe - e nos deixa mais perto uns dos outros.
Ao lado do Dio, percorremos alguns dos bairros que adoramos e nem sempre aparecem nos roteiros turísticos - pra você sentir o dia a dia da cidade como quem vive, trabalha e se desloca por lá.
O carioca
Pro modelo Joy Máximo, a bicicleta é um exercício menos coletivo e mais introspectivo. O segredo é se desligar e deixar fluir.

Carioca da gema, nasceu na Baixada e já morou por toda a cidade. A bike o aproxima das muitas cenas que o Rio abraça, e o deixa na porta das rodas de samba, das festas de rua e dos bares lotados.
Com ele, cruzamos a zona norte em busca de hotspots pra dançar, ver gente e se divertir.
A natural
Há cinco anos, o Joca chegou na vida da Bruna e mudou todos os seus trajetos - pra programas dog friendly e, de preferência, ao ar livre. Juntos, eles já conheceram Mauá, Bahia e o litoral paulista.

Foi na Bélgica, onde nasceu, que a bicicleta se tornou o seu meio de transporte oficial. No Rio, a paixão pelo Jardim Botânico fez com ela escolhesse uma rua tranquila, com comércio de bairro, feira livre e verde em volta pra viver.
Ao lado da Bruna, pensamos um roteiro tranquilo, low profile. Pra fazer sem pressa, de olho na natureza e, se quiser, levar o seu cachorro com você.
O esportista
Quando se viu frustrado com o próprio condicionamento físico, o designer Jow decidiu que precisava encontrar uma maneira de transformar a sua rotina - no caso dele, com treinos diários a partir das seis da manhã.

De todas as coisas que fazem o Jow acreditar no potencial ciclável da cidade, a melhor é não ter nada entre o corpo e a paisagem. Ao lado do pai, ele transformou a bike em hobby pra percorrer o Rio.
Com o Jow, preparamos um roteiro que leva, em média, de duas a quatro horas e explora o lado selvagem dos Alpes Cariocas.

Entre subidas e descidas, a bike se transforma em um símbolo de autonomia e liberdade. Na simplicidade da rotina, a cidade também sente, pressente, respira. Seja qual for a sua trajetória, é preciso olhar pra ela como um espaço amigável - pra todos.

Baixa o guia Melissa City Ride e confira as dicas completas de tour, cultura, mobilidade e segurança.

Pra ter a sua Melissa Bike, é só chegar aqui em lojamelissa.com.br ou ir até um Clube Melissa selecionado.*


*Rio de Janeiro: Clube Melissa Ipanema e Rio Design Barra. São Paulo: Clube Melissa Higienópolis e Morumbi. Curitiba: Clube Melissa Barigui. Goiânia: Clube Melissa Flamboyant. Belo Horizonte: Clube Melissa Savassi. Porto Alegre: Clube Melissa Iguatemi. Campinas: Clube Melissa Dom Pedro. Ribeirão Preto: Clube Melissa Ribeirão Shop. Brasília: Clube Melissa Brasília Shop. Fortaleza: Clube Melissa Rio Mar Fortaleza. Recife: Clube Melissa Rio Mar Recife.

Trending Topics

Shop

  • Ops! Não encontramos resultados para a sua busca

Onde encontrar

  • Ops! Não encontramos resultados para a sua busca

Representantes

  • Ops! Não encontramos resultados para a sua busca

Feed

  • Ops! Não encontramos resultados para a sua busca

E também

  • Ops! Não encontramos resultados para a sua busca