Melissa

Busca

Opções do Menu

Idioma

BR

Conteúdo

Pra muita gente, passar uma ideia pro papel é uma tentativa de simplificar ela. 

Não para Zoe Bradley. 

A artista é a responsável pela nova instalação na Galeria Melissa Londres, e é conhecida por seu trabalho formado por centenas de dobraduras de papel. 

“Eu trabalho com papel assim como um designer trabalha com tecido.”

Usando 1000 folhas Zoe construiu as 400 flores que compõem Neon Garden, a sua instalação na nossa flagship londrina. 

A exibição conta com uma flor de lótus gigante junto de uma animação floral caleidoscópica na entrada da Galeria. No andar de baixo, as paredes são cobertas por flores e uma outra grande escultura central de lótus gira lentamente sobre uma base no chão, ecoando seu movimento sobre as ondulações de um lago.

Batemos um papo com Zoe, que nos contou que “queria criar um jardim exótico. Celebrar as formas arquitetônicas e femininas das flores.” 

Tudo a ver com Flygrl, nossa coleção A/W ’17.

Vem ver.

1. Em entrevistas você disse que ama trabalhar com materiais não convencionais. De certa forma, a Melissa faz a mesma coisa: nós fazemos sapatos em plástico. Você concorda?

Eu sempre tentei fazer algo do nada. Eu fiz meu primeiro par de sapatos de papel aos 8 anos de idade. A Melissa colabora com uns dos mais excitantes e inovativos nomes do design hoje, cruzando vários campos, incluindo mobiliário e jóias, e trabalha para construir projetos incríveis de design estrutural. Eu espero que a minha visão das flores possa ser um elogio a esses lindos objetos de desejo.

2. Você já fez vestidos inteiros de papel. Moda é arte?

Moda é um statement artístico no qual eu me inspiro, usando alguns de seus elementos em minha arte. Alta moda e designers avant-garde são o combustível dos meus ideais artísticos. Eu busco silhuetas e detalhes os quais eu possa incorporar às minhas esculturas.

3. Não é difícil trabalhar com um material tão delicado – e de certa forma, tão efêmero?

Papel é um material delicado que exige paciência e sensibilidade para trabalhar. No entanto o papel com o qual eu trabalho tem um toque metálico e é muito durável, eu dobro, crio pregas, costuro e ondulo o papel. Levo ele aos seus limites estruturais.

4. Quanto tempo você leva para criar uma peça?

O tempo para cada peça é de mais ou menos 4 a 6 semanas. Fatores como escala e detalhes sempre impactam e fazem o trabalho mais complexo. 

Siga a Zoe no Instagram aqui.

Indo pra Londres? Você pode visitar a exposição a partir do dia 16 de junho, na Galeria Melissa UK.

Neon Garden
By Zoe Bradley
43 King Street, Londres
Entrada gratuita

Imagens por Arthur Woodcroft