Melissa

Pesquisar

Opções do Menu

Idioma

BR

Conteúdo

“Hello?”

De um lado da linha Brasil, dez horas da manhã. Do outro, direto de uma Inglaterra com (acredite) dez graus a mais do que a ventosa e fria Serra onde fica a fábrica da Melissa, fala pelo Skype Julie Deane. 

A britânica de voz alegre é também a fundadora da Cambridge Satchel Company, a icônica marca de bolsas de couro – e também mais nova collab da Melissa.

Em uma conversa animada, falamos sobre collabs, sustentabilidade, nossos DNAs e moda. "Se a vida girar em volta do que é absolutamente necessário então ela se torna muito cinza. Moda e design são muito importantes para manter a vida colorida e feliz."

Nós estamos de acordo.

Então trabalhar com moda deixa a sua vida mais colorida?

Sim! E eu acho que eu tenho muita sorte em trabalhar nessa área porque é algo que faz as pessoas muito felizes. O que a gente espera dar para as pessoas é algo que é incrivelmente bem feito e tão bonito que possa fazer as pessoas felizes todos os dias em que elas usarem. Não é algo tão barato que você jogaria fora sem pensar. É algo que você compra e você valoriza. Isso é o que a gente é, como uma marca. A Melissa eu acredito que tenha o mesmo sentimento.

Essa é uma forma muito sustentável de ver o seu negócio. Isso é uma preocupação da Satchel? Ser sustentável?

Sim. Eu realmente não gosto da sociedade descartável. Não gosto nem um pouco. E acho que comprar coisas e não se importar muito com elas, ou não pensar muito antes de comprar, é uma forma muito vazia de se viver.

A Cambridge Satchel foi criada de uma forma muito caseira. A sua ideia era de juntar dinheiro para a educação dos seus filhos, você criou o logo na mesa de jantar de casa. Como esse background marcou a história da Satchel?

Isso corre em nossas veias. Sabe, somos uma empresa que gosta de colocar a mão na massa sempre que pode. Não é só sobre olhar para os números e fazer tudo baseado em onde estão as margens de crescimento. É por isso que nos sentimos muito puros, muito consistentes. Porque é um time super pequeno, e nós que fazemos tudo. Então temos uma voz muito forte em tudo que fazemos.

A Melissa é uma marca que nasceu em uma cidade no interior do Brasil. E mesmo que a gente venda no mundo inteiro, ainda fazemos nossos sapatos por aqui. Nós vemos algumas semelhantes nas nossas histórias…

A bolsa com a qual nós começamos era inspirada em uma bolsa de escola Britânica. É muito simples, muito bem desenhada e é linda em sua simplicidade. Todas as nossas bolsas são feitas na Inglaterra, então existem fortes paralelos entre as duas marcas, e eu acho isso muito lindo. Em dois países tão distantes você pode encontrar duas marcas com muito em comum.

Aliás, nossas concept stores são vizinhas em Covent Garden, em Londres…

Eu sei! Vocês têm uma loja linda! Já fui lá várias vezes. É maravilhosa…e sempre cheira muito bem.

Na nossa collab, foi a primeira vez que uma Satchel foi feita em uma material que não é couro?

Sim. Nós tentamos há uns dois anos atrás, eu acho. Nós pensamos: “Não seria legal tentar fazer uma Satchel que não seja de couro?”, mas não era essa a área do nosso expertise então não passamos da fase de testes. Por isso é tão excitante trabalhar com a Melissa.

E como foi o processo de adaptar a Satchel para o plástico?

Acho que um dos motivos pelo qual nós estamos tão felizes é que nossas bolsas têm um design muito icônico. E criamos ela em um material diferente, mas você ainda pode dizer “ah, essa é uma Cambridge Satchel”. As costuras em volta, os detalhes… Quando você vê pela primeira vez até parece que ela passou por um processo de manufatura no couro. Esse é o tipo de atenção aos detalhes que você só consegue quando trabalha com uma marca de alto nível.

Trending Topics

Shop

  • Ops! Não encontramos resultados para a sua busca

Onde encontrar

  • Ops! Não encontramos resultados para a sua busca

Representantes

  • Ops! Não encontramos resultados para a sua busca

Feed

  • Ops! Não encontramos resultados para a sua busca

E também

  • Ops! Não encontramos resultados para a sua busca